geleia de frutas vermelhas

Fácil receita de geleia de frutas vermelhas

Garantir uma alimentação saudável para nossos filhos é essencial. Por isso, aqui no blog, vez ou outra, você encontrará receitinhas bacanas para as crianças. São opções saudáveis e fáceis que testo por aqui e compartilho com vocês.

Apesar de gostar muito, não é sempre que consigo tempo para me aventurar pela cozinha. Dia desses vi na  geladeira uma bandeja de amoras e outra de morangos, todos maduros e prontinhos para virarem uma deliciosa geleia. Para adoçar usei apenas um pouco de rapadura ralada, bem mais saudável do que o açúcar. Aí até da para oferecer no lanche de crianças acima de 12 meses.
Se você não tiver a rapadura e quiser outra opção menos trash que o açúcar refinado, pode usar o mascavo ou, até mesmo, o demerara.
Essa receita foi inspirada pelo site Crianças na Cozinha, que recomendo muuuuito!

Ingredientes

1 xícara de amoras
1 xícara de morangos (de preferência orgânicos. Morangos costumam ser campeões no quesito agrotóxico).
suco de meio limão
1/2 xícara de rapadura ralada

Modo de fazer
Coloque em uma panela no fogo baixo os morangos picados e 1/2 porção das amoras picadas. Acrescente a rapadura ralada e o suco do 1/2 limão. Bata a outra porção de amoras no liquidificador com um dedinho de água e acrescente a mistura na panela.
Mexa de vez em quando. As frutas vão se desfazer e o caldo começará a ser formado. Um incrível perfume de geleia de frutas vermelhas irá invadir sua casa. Você notará quando a mistura se transformar em geleia, ficará viscosa e com uma cor linda. Deixe esfriar e coloque em um frasco de vidro na geladeira.
Deliciosa para ser servida com torrada, pãozinho, pão de queijo e queijo branco.

Espero que gostem 😉

Anúncios
  

 
 Minha princesa completou 2 aninhos no dia 28/08 e fizemos  uma festa especial para ela.
Há algum tempo eu perguntava para ela do que gostaria que fosse seu aniversário, e ela sempre me respondia: “Backyardigans , mamãe!”. Comecei, então, a comprar  tudo o que via para festas do quinteto mais amado da Bibi. Até que,  um dia,  em uma dessas lojas de artigos para festas, ela viu um prato da Galinha Pintadinha.  Desde então, a  resposta para aquele minha perguntou mudou: “Backyardigans e Galinha Pintadinha , mamãe” – era o que ela respondia agora entre pulinhos e  risos de alegria.  Até passou pela minha cabeça dizer que ela precisava es colher um só, não poderia ser dos 2 desenhos e tal. Mas aí ponderei: não poderia por quê? A festa  é da Gabriela, ela decide  quem será convidado e se quiser chamar seus amigos do quintal e a turma da Pintadinha é isso o que faremos. Lá fui eu atrás de artigos da Galinha.Como havíamos viajado em férias um mês antes, o Rodrigo pediu para que eu comprasse tudo pronto evitando, assim,  ter que correr para produzir a decoração. Mas não resisti. Sentindo que a  festa ficaria impessoal e genérica demais, decidi fazer os centros de mesa e as casinhas que enfeitariam a mesa do bolo.

O resultado não poderia ser melhor: minha pequena amou a festa dos Backyardigans e Galinha Pintadinha . Deu um trabalhão, é verdade. Mas  só para ver aquele sorriso eu faria tudo umas mil vezes novamente!

Este slideshow necessita de JavaScript.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

O cardápio da festa ficou assim:

>> Carne louca – feita pela vovó Sonia, com opções de mini-pãzinho com queijo parmesão, gergelim e puro
>> Salgadinhos – (queria fugir deles mas não deu, o Rô é fã deles – e é verdade que esses que a gente encomenda com uma senhorinha do bairro são demais!) esfiha, coxinha e risole de catupiry
>> Palitinhos de cenoura e pepino – esses não conseguimos preparar antes e tivemos que cortar na hora, uma correria
>> Sanduiches de patê de atum

>> Docinhos: brigadeiro, beijinho, cajuzinho (esses da Lilian), bicho de pé de colher, brigadeiro branco com uva (esses da tia Eliana) e balas de coco
>> Bolos: brigadeiro e cupcake natureba (tia Eliana)

Para as crianças:
>> Pão de queijo
>> Suco de melancia
>> Potinhos com mamão e banana picadinhos (a correria tb deixou essa parte complicada)

Contratei duas moças que coordenavam a cozinha serviam as comidinhas. Isso foi tudo de bom nessa vida!
Bjs

Nayara e Gabriela: sempre juntinhas!