Minha princesa completou 2 aninhos no dia 28/08 e fizemos  uma festa especial para ela.
Há algum tempo eu perguntava para ela do que gostaria que fosse seu aniversário, e ela sempre me respondia: “Backyardigans , mamãe!”. Comecei, então, a comprar  tudo o que via para festas do quinteto mais amado da Bibi. Até que,  um dia,  em uma dessas lojas de artigos para festas, ela viu um prato da Galinha Pintadinha.  Desde então, a  resposta para aquele minha perguntou mudou: “Backyardigans e Galinha Pintadinha , mamãe” – era o que ela respondia agora entre pulinhos e  risos de alegria.  Até passou pela minha cabeça dizer que ela precisava es colher um só, não poderia ser dos 2 desenhos e tal. Mas aí ponderei: não poderia por quê? A festa  é da Gabriela, ela decide  quem será convidado e se quiser chamar seus amigos do quintal e a turma da Pintadinha é isso o que faremos. Lá fui eu atrás de artigos da Galinha.Como havíamos viajado em férias um mês antes, o Rodrigo pediu para que eu comprasse tudo pronto evitando, assim,  ter que correr para produzir a decoração. Mas não resisti. Sentindo que a  festa ficaria impessoal e genérica demais, decidi fazer os centros de mesa e as casinhas que enfeitariam a mesa do bolo.

O resultado não poderia ser melhor: minha pequena amou a festa dos Backyardigans e Galinha Pintadinha . Deu um trabalhão, é verdade. Mas  só para ver aquele sorriso eu faria tudo umas mil vezes novamente!

Este slideshow necessita de JavaScript.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Anúncios

A princesa Nayara completou 2 aninhos em 18/09 e seus pais resolveram fazer a festa em um buffet,  já que ano passado a correria para organizar o aniversário tinha sido muito grande.
Estava tudo perfeito e Nayara linda demais, como sempre. Ela e Bibi brincaram bastante.
Mas Naná não curtiu o teatrinho que roulou na festa, ficou com medo dos fantoches e a partir dalí não quis voltar para o salão principal. Coisa que acontece com criança. Algumas vezes bonecos e palhaços são assustadores mesmo, né? Então o jeito foi improvisar uma mesa de bolo perto dos brinquedos para cantar o parabéns para a nossa gatinha.

Nayara adorou os brinquedos da festa

E se acabou de tanto pular na cama elástica

Bibi também adora um "pua-pua", como ela mesma diz

Chameguinho de primas...

Eu com Nana e minha irmã com a Bibi - Amo vocês!

Mamãe e papai ajudando Nayara a cortar o bolo

Minha princesa fez um aninho!

 

Ela estava muito divertida e brincou de morder o passarinho durante a oração do papai

 

Foi um dia muito emocionante para nós. Assim como é cada minuto ao lado de nossa pirulita

 

Bibi brincou, pulou, riu, curtiu, tomou tetê e capotou no final da festa.

Alugamos o cantinho do bebê para que a Gabriela tivesse um lugar para brincar à vontade. Foi tudo de bom nessa vida. Ao contrário de algumas crianças que ficam enjoadinhas nas festas de um aninho, ela curtiu demais e se esbaldou de tanto brincar, uma alegria só!
Ganhamos dos tios Andy e Drica a cama elástica gigante e a piscina de bolinhas. Bom, a cama foi o grande sucesso da festa. As crianças maiores não saiam de lá por nada. E, no final da festa, os adultos invadiram a brincadeira e não queriam mais parar… muito divertido!
Outra coisa que valeu muito a pena foi ter contratado fotógrafos para a festa. Assim conseguimos relaxar e garantir fotos muito bacanas de lembrança.

Bibi adorou o seu cantinho com brinquedos para a sua idade.

 

Bibi e Naná brincando juntas.

 

Foi uma delícia ver minha princesa curtir sua festa de um ano.

 

A cama elástica foi o grande sucesso da festa... uma delícia...

 

Nem a mamãe, que estava de vestido, resistiu...

 

Mas teve adulto que preferiu a piscina de bolinhas. Né, tio Fininho?

O cardápio da festa ficou assim:

>> Carne louca – feita pela vovó Sonia, com opções de mini-pãzinho com queijo parmesão, gergelim e puro
>> Salgadinhos – (queria fugir deles mas não deu, o Rô é fã deles – e é verdade que esses que a gente encomenda com uma senhorinha do bairro são demais!) esfiha, coxinha e risole de catupiry
>> Palitinhos de cenoura e pepino – esses não conseguimos preparar antes e tivemos que cortar na hora, uma correria
>> Sanduiches de patê de atum

>> Docinhos: brigadeiro, beijinho, cajuzinho (esses da Lilian), bicho de pé de colher, brigadeiro branco com uva (esses da tia Eliana) e balas de coco
>> Bolos: brigadeiro e cupcake natureba (tia Eliana)

Para as crianças:
>> Pão de queijo
>> Suco de melancia
>> Potinhos com mamão e banana picadinhos (a correria tb deixou essa parte complicada)

Contratei duas moças que coordenavam a cozinha serviam as comidinhas. Isso foi tudo de bom nessa vida!
Bjs

Nayara e Gabriela: sempre juntinhas!

Hoje é seu primeiro aniversário. Faz um ano que papai e eu ganhamos o presente mais precioso que Deus poderia nos dar.
Lembro-me perfeitamente do dia em que você nasceu. Chegamos na maternidade ainda pela manhã, eu, papai e a nossa doula.
As fortes contrações já mostravam o que haveria pela frente, mas eu só conseguia pensar em te conhecer, olhar nos seus olhos, contemplar seu rostinho. Como havíamos esperado por este dia. Em nossos corações a maior felicidade de todas, a alegria de sermos pais.
Na mala, além dos itens básicos, também levamos bíblia, óleo para unção e um CD com músicas para a sua chegada.
Logo a nossa obstetra chegou, e após ela a tia Dri, que participou de tudo.
Eu havia me preparado para aquele momento. Queria que você chegasse em um ambiente de paz e muito amor. Sem agressões sem intervenções.
Por isso, já estava tudo combinado. Quando as dores chegaram ao auge e eu já não conseguia mais pensar, papai orou, ungiu e oramos em línguas. Cantamos louvores. Gritei sim. Pedi ao nosso Deus. E Ele nos ajudou.
Indescritível foi a sensação de tocar-me e poder sentir a sua cabeça, seus poucos cabelinhos. Ainda me arrepio ao lembrar deste momento. Tirei forças de dentro do meu coração e juntas, eu e você, fizemos você nascer.
Quanta emoção ao tê-la em meus braços. Seu pai ao nosso lado declara o nosso amor por ti.
Nada mais importava, não havia mais dores. Você estava ali. Era o nosso mundo.
Seu olhar cruzou o meu antes de mamar pela primeira vez. Quanto amor, meu Deus…
Sempre sonhei em ser mãe, e acho que sempre sonhei com você. Minha Gabriela.
Nesses 12 meses passamos por muitas coisas juntos. Nós três. Não sei se os pais mudam depois dos filhos. Acho que, na verdade, redescobrimos e resgatamos algo que sempre esteve ali. Um eu que muitas vezes deixamos para trás na correria de nossas vidas, nos traumas do caminho.
Não é fácil o tempo todo. Muitas vezes precisamos respirar fundo e pedir paciência e sabedoria para o Espírito Santo. Mas é uma delícia, uma alegria sem fim.
Hoje praticamente não tenho tempo para mim. Se antes tomava banhos demorados, passava cremes e curtia um soninho relaxante. Hoje sou vitoriosa ao conseguir tomar um banho tranquilo. Mas posso dizer que sou ainda mais feliz hoje do que já fui em qualquer outro dia da minha vida.
Você e o seu pai fazem de mim a mulher mais feliz do mundo, me completam. Amá-los é viver aquilo que o Senhor tem de melhor para mim, de mais puro, de mais verdadeiro.
Obrigada por ser minha filha, Gabriela. Quero te fazer feliz, sempre.
Feliz aniversário! Que Deus te abençoe e te dê graça. Que o Senhor a faça crescer em estatura e sabedoria. Que o Senhor a unja com uma unção especial. Que você possa transbordar o amor do nosso Deus onde quer que for. Que o seu sorriso leve esse amor para todos. Que você seja a mulher mais feliz desse mundo. Que o nosso Deus a guarde e a livre de todo o mal. Que cada um dos seus sonhos se realize. Que você seja uma mulher guerreira, ousada e muito sábia. Que seu espírito seja sensível ao Espírito Santo. Seja bendita ao entrar e bendita ao sair. Que o Senhor prospere cada uma das obras das suas mãos e você ache graça onde quer que for. Que você possua a terra onde seus pés pisarem. Em nome de Jesus, amém!

Com todo amor do mundo
mamãe